Vida em Arte


Essas são algumas das esculturas de Robert Cannon, escultor americano que iniciou o projeto intitulado "Terraform" em 2010, e nos dias atuais suas esculturas tem roubado a cena nos site de arte e redes sociais.


Cannon constrói suas esculturas para que elas literalmente criem vida.
As peças robustas feitas de concreto têm formas abstratas ou bem definidas, o interior de cada peça é preparado com condutores hídricos (canos) para o escoamento da água, que por ventura se juntar nas cavas onde é possível cultivar plantas. 






O aspecto desconstruído das peças nos remete às ruínas gregas, e seus desgastes esculpidos pelo tempo.
Mas não é ao passado que a manifestação do artista quer nos levar e sim ao futuro, onde acredita que não serão mais toleráveis construções que não priorizem a sustentabilidade ecológica do planeta.


"Eu adotei o termo "Terraform", como é utilizado pela comunidade aeroespacial, referindo-se ao julgamento de ecologicamente modificar um corpo estranho (como Marte, por exemplo), a fim de torná-lo habitável, ou seja, ecologicamente sustentável. É o que eu tentei fazer com minhas obras: aplicar noção do 'Terraform'  não para outros planetas, mas para a cultura do mundo, a fim de torná-lo habitável os 'Terraforms' se recusam a produção de mais objetos morrendo ".

"Eu sinto fortemente que o Movimento Verde tem necessidades reais da arte e de transmiti-lo em mensagens e sonhos, e não apenas leva-la até os engenheiros, arquitetos e ativistas, mas também até os artistas." (Robert Cannon)

Partindo do recado e do grato resultado que essa ação pode nos deixar, vale a pena uma reflexão na hora de compor um novo projeto. Estimamos que a ideia continue se propagando e dando muitos frutos de VIDA além da arte!


Imagens: Pinterest




Comentários

Postagens mais visitadas