A gente sempre pode aprender a pescar!

Uma das coisas mais fascinantes na web, são essas incríveis coincidências que acabam nos dando a certeza de que nesse mar de informações, estamos realmente conectados uns aos outros, de certa forma de mãos dadas, como se tecêssemos  uma grande e única teia.




No balanço desse mar há inúmeras oportunidades online, tanto para quem tem o peixe como para quem se dispõe a ensinar a pescar.
Ontem tive o prazer de conhecer os peixes confeccionados a partir de materiais de descarte,  fruto do trabalho maravilhoso da artista plástica Allana Baird, imagens encantadoras ilustram um artigo lindo preparado pelo meu querido Paulo do Matéria Incógnita. Vale a pena dar um mergulho por lá.   Por conta desse artigo, trocamos figurinhas sobre a escolha bem acertada de alguns artista na hora de compor suas obras e como isso tem ajudado o mundo a olhar o material de descarte com outros olhos.  A arte tem contribuído muito para o despertar dessa consciência responsável, aflorando ideias super criativas no reaproveitamento de materiais, provando que as possibilidades são realmente infinitas.

Davie McPhail
E nessas cyber coincidências,  hoje acabei conhecendo o trabalho do Sr. Davie McPhail um artista que arrasa na criação de insetos muito realistas, confeccionados diretamente no corpo metálico fininho de anzóis para pesca.


Criados a partir de materiais simples como: fita de EVA, super cola, fiapinhos de penas de aves, fio de nylon, paciência e dedicação, Davie obtém um resultado surpreendente e simplesmente maravilhoso em cada inseto que cria.

Davie McPhail disponibiliza gratuitamente centenas de vídeos no YouTube, onde mostra o passo a passo de verdadeiras obras de arte e acabei literalmente fisgada de um vídeo para o outro.



Os anzois do Sr. Davie são tão deslumbrante que ficariam divinos expostos numa joalheria ou em uma galeria de arte, mas devem ser potencialmente bons para o fim que se destina, inclusive,  haja visto os milhões de comentários favoráveis à eles registrados em seus vídeos.









Tomara que o trabalho do Sr. Davie  assim como o trabalho da Allana Baird inspire os grandes pescadores de ideias desse mar de possibilidades,  pois a mare pode não estar pra peixe, mas a gente sempre pode aprender a pescar, não é mesmo.


Uma grande noite para todos e até...


Wal Mattos.




Comentários

Postagens mais visitadas